EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Tenistas recolhem fundos para combater incêndios na Austrália

Tenistas recolhem fundos para combater incêndios na Austrália
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O número dois da lista da ATP, Novak Djokovic, anunciou que vai doar 25 mil dólares, para ajudar a Austrália a combater as chamas. A número um do ténis mundial, a australiana Ashleigh Barty anunciou que vai doar tudo o que ganhar no torneio de Brisbane à Cruz Vermelha para ajudar as vítimas.

PUBLICIDADE

Os incêndios na Austrália estão a gerar uma onda de solidariedade no mundo do Ténis.

O número dois da lista da ATP, Novak Djokovic, anunciou que vai doar 25 mil dólares, o equivalente a 23 mil e 400 euros, para ajudar a Austrália a combater as chamas.

O tenista sérvio aceitou, assim, o repto da russa Maria Sharapova que anunciou, este domingo, ter doado a mesma quantia.

Esta onda de solidariedade começou na sexta-feira, com o tenista australiano Nick Kyrgios a anunciar que vai doar duzentos dólares por cada "Ás" que conseguir nos próximos torneios.

A número um do ténis mundial, a australiana Ashleigh Barty anunciou que vai doar tudo o que ganhar no torneio de Brisbane à Cruz Vermelha, para ajudar as vítimas dos incêndios.

As chamas lavram na Austrália desde setembro de 2019.

Pelo menos 24 pessoas morreram, quase duas mil habitações foram destruídas e mais de cinco milhões de hectares de terra foram devastados pelas labaredas. A organização de conservação da natureza WWF australiana estima que cerca de mil milhões de animais terão morrido nos incêndios.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ashleigh Barty não vai participar no Open dos EUA por causa da pandemia

Qualidade do ar piora em Melbourne

Sérvia conquista a primeira Taça ATP