Última hora
This content is not available in your region

Processo de destituição de Donald Trump segue para o Senado

euronews_icons_loading
Processo de destituição de Donald Trump segue para o Senado
Direitos de autor  afp
Tamanho do texto Aa Aa

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos da América aprovou, esta quarta-feira, o envio para o Senado dos dois artigos para a destituição de Donald Trump.

Controlada pelos Democratas, com 228 votos a favor e 193 contra, a Câmara elegeu ainda os promotores para o julgamento político do presidente.

Como vem sendo hábito, Donald Trump reagiu no Twitter. O inquilino da Casa Branca afirmou que este processo é uma "vigarice" orquestrada pelos Democratas que, segundo ele, "não fazem nada".

O presidente norte-americano é acusado de abuso de poder. Donald Trump terá pressionado o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, para investigar as atividades do filho do adversário político, Joe Biden, em troca da prometida ajuda militar.

O processo de destituição segue agora para o Senado onde deve começar a ser julgado no dia 21 de janeiro.

Para remover o presidente são necessários 2/3 dos votos, um cenário improvável uma vez que os Republicanos estão em maioria no Senado.