Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus fecha estádios e cidades do norte de Itália

euronews_icons_loading
Coronavírus fecha estádios e cidades do norte de Itália
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Os receios provocados pelo surto do coronavírus ditaram o adiamento de quatro jogos da Série A este domingo e a mesma decisão pode repetir-se no próximo fim de semana, estando ainda em equação a realização das partidas à porta fechada.

O Inter de Milão, terceiro classificado do campeonato, atrás da líder Juventus e da Lazio, foi um dos clubes afetados e deve agora efetuar o jogo de quinta-feira para a Liga Europa com o Ludogorets sem adeptos no estádio Giuseppe Meazza, segundo um pedido feito pela Federação Italiana de Futebol ao governo.

Itália é o país europeu com maior registo de casos de Covid-19, com um número superior a 200 infetados e que afeta sobretudo o norte do país.

As regiões da Lombardia e de Veneto são as que despertam maiores cuidados e pelo menos 11 cidades estão isoladas com um cordão sanitário para tentar travar a expansão do surto.

As medidas de prevenção geraram alarme na população nas últimas horas e muitos foram de máscaras até aos supermercados na expetativa de abastecerem-se face a um possível período de confinamento prolongado.

Esta segunda-feira, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, voltou a reunir ao final da tarde os membros do governo para discutir os próximos passos de atuação no combate ao vírus.

Esta crise já afetou a bolsa de valores de Milão, que fechou esta segunda-feira em forte queda.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.