Última hora
This content is not available in your region

Kenneth Ize leva África a Paris em Semana de Moda

euronews_icons_loading
Kenneth Ize leva África a Paris em Semana de Moda
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Da Nigéria para Paris, houve toda uma viagem que Kenneth Ize quis contar na Semana de Moda.

A herança africana cravada no trabalho artesanal e técnicas de tecelagem é um património que gosta de preservar e aliar ao conhecimento das casas italianas e austríaca.

À capital francesa levou uma coleção também dirigida para mulheres. Uma estreia para o designer de origem nigeriana que, desde o sete anos, fez da Áustria casa.

"Produzimos tudo isto na Nigéria e enviamos para Itália. Fiz o tecido bordado na Áustria. E para mim isto é que é luxo. Já não se trata apenas de fazer roupas caras, mas sobretudo de fazer com que as pessoas que fazem essas roupas se sintam mais humanas. Isso é muito importante para mim", revela o criador.

A fechar o desfile, veio a bênção da madrinha, com Naomi Campbell a envergar um coordenado de Kenneth Ize.

Ize conta que a supermodelo o apoia desde o início. "Fez com que isto acontecesse e que chegasse ao nível em que está aqui, em Paris".

Entre o regresso às raízes e a fusão cultural, Ize começou por chamar à atenção do mundo da moda na Lagos Fashion Week. Meses mais tarde viria a ganhar o prémio de finalista do grupo da Louis Vuitton, LMVH, num passo que se revelou fulcral no percurso rumo às capitais da alta costura.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.