Última hora
This content is not available in your region

Poluição sonora afeta saúde de um quinto dos europeus

euronews_icons_loading
Poluição sonora afeta saúde de um quinto dos europeus
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A poluição sonora continua a aumentar na União Europeia e pelo menos um em cada cinco europeus está exposto a níveis de ruído considerados prejudiciais para a saúde.

Esse número deverá aumentar nos próximos anos, segundo os dados do relatório de poluição ambiental da Agência Europeia do Ambiente, publicado esta quinta-feira.

"Estimamos que existem cerca de 12 mil mortes prematuras, por ano, devido à exposição ao ruído ambiental. Ao nível de outras consequências desta poluição estão os cerca de 48 mil casos anuais de doenças cardíacas isquémicas, ligadas ao excesso de ruído. Outro impacto é a perturbação do sono, que afeta uma grande parte da população", explicou Eulalia Peris, especialista em poluição sonora da Agência Europeia do Ambiente

A própria agência admite que estas estatísticas subestimam a gravidade do problema e que o aumento contínuo da circulação e da construção são preocupantes.

Como o tráfego rodoviário é a principal fonte de poluição sonora na Europa, estão a ser estudadas soluções. Uma delas é criar maior distância entre as urbanizações e as rodovias, outra passa pela gestão mais eficiente dos fluxos de tráfego, incluindo limitações na velocidade dos veículos nas localidades.