EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Um quarto dos italianos em quarentena

Um quarto dos italianos em quarentena
Direitos de autor Domenico Stinellis/AP
Direitos de autor Domenico Stinellis/AP
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Decreto suspende a atividade de ginásios, museus, cinemas e bares em todo o país.

PUBLICIDADE

Já passava das duas da manhã quando o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, veio anunciar o isolamento de cerca de um quarto da população do país. O mesmo é dizer que perto de 16 milhões de habitantes do norte de Itália deverão ficar confinados à zona onde vivem pelo menos até ao dia 3 de abril. A medida abrange a região da Lombardia e outras 14 províncias, incluindo Pádua, Rimini, Parma e Veneza.

O decreto estabelece a suspensão de todas as competições desportivas nestas áreas, todos os acontecimentos culturais ou religiosos, assim como a atividade de ginásios, museus, cinemas e bares em todo o país.

Depois de se tornar público que também o líder do Partido Democrático, Nicola Zingaretti, está infetado com o novo coronavírus, a Itália acorda então para um novo dispositivo que abrange igualmente os restaurantes nas zonas evocadas, por exemplo, onde se terá de respeitar a distância de um metro de segurança entre clientes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Secas, desertificação, ondas de calor: a crise climática atinge duramente a Sicília

Liga de Salvini abandona grupo de Meloni no Parlamento Europeu. Há riscos para o governo italiano?

Alpinistas polacos salvos nos Alpes Ocidentais italianos