Última hora
This content is not available in your region

1° aniversário do massacre de Christchurch

euronews_icons_loading
1° aniversário do massacre de Christchurch
Direitos de autor  Mark Baker/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de muçulmanos prestaram, esta sexta-feira, homenagem às 51 pessoas assassinadas no dia 15 de março de 2019, durante o ataque contra duas mesquitas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia.

As orações, no centro desportivo Horncastle Arena, foram conduzidas pelos imãs das mesquitas Al Noor e Linwood.

No evento esteve presente a primeira-ministra da Nova Zelândia. Jacinda Ardern afirmou que o país mudou bastante desde os ataques, no entanto é necessário fazer mais para colocar cobro à radicalização.

Além dos 51 mortos, mais de meia centena de pessoas ficaram feridas durante os ataques às mesquitas. O alegado autor do massacre, Brenton Tarrant, aguarda julgamento em prisão preventiva. Prevê-se que o processo tenha início em maio de 2021.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.