Última hora
This content is not available in your region

Nova Zelândia cancela memorial devido ao coronavírus

euronews_icons_loading
Nova Zelândia cancela memorial devido ao coronavírus
Direitos de autor  Mark Baker/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Há um ano a Nova Zelândia assitia a um massacre, quando um homem armado atacou duas mesquitas. O país tinha previsto um memorial nacional em homenagem às vítimas. Esperavam-se milhares de pessoas na cerimónia em Christchurch, mas o evento foi cancelado devido aos receios e às medidas de precaução em torno do coronavírus.

A mesquita de Al Noor foi um dos alvos do atirador solitário que levou a cabo o ataque a 15 de março, de 2019.

"O dia 15 de março é sobre manter as pessoas seguras, seja do tipo de violência que assistimos há um ano, ou de um vírus que está a varrer o mundo."
Megan Woods
Ministra da Habitação

Todos os passageiros que chegam, incluindo os cidadãos da Nova Zelândia, deverão ficar em isolamento durante 14 dias. A Nova Zelândia teve apenas seis casos confirmados de COVID-19, a doença causada pelo vírus.