Última hora
This content is not available in your region

Espanha limita circulação de pessoas para conter coronavírus

euronews_icons_loading
Espanha limita circulação de pessoas para conter coronavírus
Direitos de autor  Bernat Armangue/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

As ruas estão desertas em Madrid. O cenário repete-se no resto do país. Depois de Itália, Espanha é o segundo país mais atingido pelo coronavírus, com mais de 5.700 casos. O país ativou o estado de alarme durante 15 dias e tomou medidas drásticas que limitam a circulação de pessoas. Só é permitido andar na rua para ir trabalhar, comprar comida ou para ir à farmácia.

Toda a gente vai poder sair de casa para ir trabalhar, comprar pão, comprar o que é preciso, comprar medicamentos, levantar dinheiro ou, talvez, pasear o cão se tiver um animal de estimação. Estas são as atividades diárias que cada um poderá fazer e que justificam a utilização do espaço público.
Pedro Sánchez

Na reunião do Conselho de Ministros espanhol respeita-se distância de um metro entre cada elemento, depois de dois membros do gabinete de Sánchez - com as pastas da igualdade e dos assuntos regionais - também terem sido diagnosticados com a doença na última semana.

A esposa do primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, também foi diagnosticada com coronavírus, mas segundo o governo da Espanha, Begoña Gómez, apresenta poucos sintomas.