Última hora
This content is not available in your region

Covid-19: "pubs" fecham portas

euronews_icons_loading
Covid-19: "pubs" fecham portas
Direitos de autor  Julian Simmonds/© JULIAN SIMMONDS
Tamanho do texto Aa Aa

Foi a última noite de copos, a de sexta-feira, antes de os bares do Reino Unido encerrarem as suas portas até ordem em contrário.

Decisão tomada, e já tardiamente, pelo primeiro-ministro britânico, a de fechar os pubs, restaurantes e cafés (as escolas já não estavam em funcionamento) para, finalmente, tentar evitar a propagação da COVID-19.

Espera-se que o apoio prometido pelo governo, às empresas e trabalhadores independentes ajude a que a economia britânica não vá ao fundo. As novas medidas serão revistas todos os meses.

O governo britânico compromete-se a pagar 80 por cento dos salários dos "trabalhadores retidos", medidas de contenção, e que não podem exercer o teletrabalho. Tratar-se-á de uma espécie de subvenção estatal, a que as empresas e instituições podem candidatar-se. O executivo anunciou ainda que os pagamentos de IVA ficam adiados até ao final do ano fiscal.

De acordo com os dados mais recentes quase 4000 foram infetadas pelo novo coronavírus no Reino Unido e há mais de 170 mortos.