França prolonga o isolamento obrigatório

Franceses vão ter de continuar em distanciamento social para lá de 31 de março
Franceses vão ter de continuar em distanciamento social para lá de 31 de março Direitos de autor AP Photo/Francois Mori
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Regras apertadas para sair de casa mantêm-se até ao dia 15 de abril

PUBLICIDADE

França vai prolongar o isolamento obrigatório que terminava na próxima terça-feira por mais 15 dias, até ao dia 15 de abril.

A decisão foi avançada pelo primeiro-ministro francês.

Edouard Philippe sublinhou que o país está ainda no início da vaga epidémica e deixou em aberto a possibilidade da fase de isolamento poder ser prolongada mais vezes.

As regras para sair de casa mantêm-se: trabalho, compras de bens essenciais ou da farmácia, consultas médicas de urgência, auxílio à família ou exercício físico.

A propagação do coronavírus não dá tréguas e o prolongamento do isolamento obrigatório parece ser uma decisão que vai ser adotada por vários países na Europa.

Esta sexta-feira, a Bélgica também prolongou a medida por mais duas semanas.

A Comissão Europeia defende que a saída dos cidadãos dos regimes de confinamento deverá ser coordenada a nível europeu e com uma estratégia semelhante para todos.

A presidente da Comissão, Ursula Von der Leyen, revelou que Bruxelas está a trabalhar com especialistas para perceber a forma e a altura certa de regressar à normalidade”. Von der Leyen defende que a decisão tem de ser baseada na ciência e coordenada entre todos os estados-membros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia encontra mais de 60 quilos de canábis em casa de autarca francesa

Polícia francesa expulsa dezenas de migrantes de Paris a quase 100 dias dos Jogos Olímpicos

Encontrados restos mortais do pequeno Émile