Última hora
This content is not available in your region

Impressão 3D para salvar vidas

euronews_icons_loading
Impressão 3D para salvar vidas
Direitos de autor  screenshot via LTLT
Tamanho do texto Aa Aa

É uma solução que pode salvar vidas durante o surto de coronavírus. A impressão 3D está a ser utilizada para fabricar peças para ventiladores em toda a Europa.

Na região espanhola das Astúrias, quatro investigadores criaram um protótipo que já foi testado com sucesso em animais e agora vai ser produzido em todo o país.

Conseguimos construir uma máquina que pode ser reproduzida em qualquer lugar do mundo, com maquinaria e componentes eletrónicos que podem ser encontrados com muita facilidade e com materiais que também são acessíveis a todos.
Marcos Castillo
Engenheiro informático

Em dez dias, inventores e engenheiros espanhóis reuniram-se num grande movimento dos fabricantes em tempos de coronavírus. Um movimento que se está a espalhar por toda a Europa, principalmente entre a comunidade académica.

Estão a utilizar a tecnologia 3D para produzir o material que os hospitais necessitam desesperadamente, como máscaras de proteção.

Professores e estudantes da Universidade de Zenica, na Bósnia, estão trabalhar 24 horas por dia, para produzir proteções faciais para os profissionais que estão na linha de frente a lutar pela saúde dos pacientes.

A matéria-prima estava destinada à produção de painéis publicitários, mas agora tem um objetivo maior. Os médicos na Lituânia precisam de cerca de 150 mil viseiras o mais rapidamente possível, mas a polícia, os correios e os cidadãos também.