Última hora
This content is not available in your region

Polícia espanhola desmantela oficina ilegal de armas 3D

De  Euronews
euronews_icons_loading
Armas 3D apreendidas
Armas 3D apreendidas   -   Direitos de autor  HANDOUT/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A Polícia Nacional e a Autoridade Tributária espanholas desmantelaram a primeira oficinal ilegal de armas 3D no país.

A operação, levada a cabo nas Ilhas Canárias, remonta a 14 de setembro de 2020, mas foi mantida em segredo até este domingo, por ordem do Tribunal de Instrução do Magistrado nº 3 de Santa Cruz de Tenerife.

Uma pessoa foi detida no âmbito da investigação, que começou na internet, após as autoridades terem detetado movimentos para a aquisição de componentes de armas e possíveis substâncias explosivas.

No local foram confiscados duas impressoras, material digital utilizado para produzir componentes de armas, várias armas e objetos ligados ao movimento de supremacia branca.

As autoridades destacaram ainda a apreensão de mais de 30 livros, entre os quais o que descreveram como um "manual terrorista".

De acordo com o relatório da polícia, a impressão a três dimensões de armas faz parte de uma ameaça emergente no tráfico ilegal na Europa.

O mesmo relatório refere-se a um ataque terrorista na Alemanha, em outubro de 2019, em que uma sinagoga judaica foi atacada com uma espingarda fabricada através de uma impressora 3D.