Última hora
This content is not available in your region

Marca dos 20 mil mortos ultrapassada em Itália

euronews_icons_loading
Virus Outbreak Italy
Virus Outbreak Italy   -   Direitos de autor  Cecilia Fabiano/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

Itália atingiu mais uma marca dolorosa na crise da Covid-19. Esta segunda-feira foi anunciada a morte de mais 566 pessoas, o que elevou o número total de vítimas mortais para 20.465. O número de infeções também subiu 3.153, situando-se agora 159.5165.

Apesar das fatalidades, na península transalpina os sinais são de esperança. O número de pacientes nos cuidados intensivos registou uma descida pelo décimo dia consecutivo.

Em Itália cresce o debate entre os defensores de um confinamento estrito e os apologistas de um levantamento gradual das restrições e a aplicação de medidas alternativas, como a massificação dos testes de despistagem.

O futebol é uma das indústrias que também pressiona para uma retoma condicionada da atividade, mas Giovanni Rezza, epidemiologista-chefe do Instituto Superior de Saúde, já se manifestou, a título pessoal, contrário a essa possibilidade.

Durante o fim de semana da Páscoa, as autoridades procederem a 213 mil controlos policiais que resultaram em cerca de 14 mil multas por desrespeito às regras de confinamento.