Última hora
This content is not available in your region

Tottenham recua no "lay-off" e coloca estádio à disposição do Serviço Nacional de Saúde

Virus Outbreak Britain
Virus Outbreak Britain   -   Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

O Tottenham recuou na decisão de colocar os mais de quinhentos funcionários do clube em regime de lay-off. A medida tinha gerado uma onda de criticismo, nomeadamente o recurso a ajudas do Estado por parte de um clube de futebol que está entre os dez mais ricos do planeta.

De acordo com o administrador dos londrinos, Daniel Levy, os trabalhadores do clube continuarão a receber os salários por inteiro e serão os membros da direção a ver os vencimentos reduzidos, incluindo o próprio Levy, que só o ano passado ganhou mais de oito milhões de euros.

Além de garantir os salários dos funcionários, o Tottenham colocou o estádio à disposição do Serviço Nacional de Saúde para aliviar a carga nos hospitais vizinhos.