EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tottenham recua no "lay-off" e coloca estádio à disposição do Serviço Nacional de Saúde

Virus Outbreak Britain
Virus Outbreak Britain Direitos de autor AP
Direitos de autor AP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Medida iria afetar mais de meio milhar de funcionários, os londrinos estão entre os 10 clubes de futebol mais ricos do planeta

PUBLICIDADE

O Tottenham recuou na decisão de colocar os mais de quinhentos funcionários do clube em regime de lay-off. A medida tinha gerado uma onda de criticismo, nomeadamente o recurso a ajudas do Estado por parte de um clube de futebol que está entre os dez mais ricos do planeta.

De acordo com o administrador dos londrinos, Daniel Levy, os trabalhadores do clube continuarão a receber os salários por inteiro e serão os membros da direção a ver os vencimentos reduzidos, incluindo o próprio Levy, que só o ano passado ganhou mais de oito milhões de euros.

Além de garantir os salários dos funcionários, o Tottenham colocou o estádio à disposição do Serviço Nacional de Saúde para aliviar a carga nos hospitais vizinhos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gareth Bale a um passo de regressar ao Tottenham

Eric Dier suspenso por "conduta imprópria e ameaçadora"

Djokovic não participa no Masters de Indian Wells