Última hora
This content is not available in your region

Presidente brasileiro apela ao regresso ao trabalho

euronews_icons_loading
Presidente brasileiro apela ao regresso ao trabalho
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de brasileiros desceram às ruas este fim-de-semana para protestarem contra as medidas de isolamento impostas no país em resultado da pandemia de Covid-19.

Os protestos tiveram em várias cidades incluindo o Rio de Janeiro e Brasília.

Falando no sábado, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que se opõe às medidas decretadas pelos governadores estaduais, quer que a população regresse ao trabalho alertando para as consequências do colapso da economia.

Na capital, Brasília, Bolsonaro deixou claro que o objetivo é retomar a atividade económica.

"Setenta por cento vai ser contaminado, não adianta... se não for hoje, vai ser para a semana ou para o mês que vem. É uma realidade. Devemos é cuidar dos mais idosos e daqueles com problemas de saúde. Os demais, lógico que devem ter cuidado também, mas saber que têm que trabalhar", afirmou o presidente brasileiro.

Entre os setores mais afetados economicamente encontra-se o desporto, em particular o futebol.

"O estádio é preciso fechar. Como é que vai gerar receita para manter essa folha de pagamento?", acrescentou Bolsonaro.

De assinalar que segundo dados oficiais, o número de mortos no Brasil já ultrapassou 2 300 com mais de 36 500 casos confirmados.