Última hora
This content is not available in your region

Número de mortes diárias continua a descer em Itália

euronews_icons_loading
Número de mortes diárias continua a descer em Itália
Direitos de autor  Antonio Calanni/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

As ruas de Milão continuam praticamente desertas. Mas, de acordo com o último comunicado do governo italiano, a partir desta segunda feira algumas empresas vão recomeçar a trabalhar e a preparar-se para o arranque oficial, a partir do dia 4 de maio.

As medidas serão levantadas progressivamente sempre com precaução para evitar o risco de uma nova infeção, disse o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Compte.

O número de mortes continua a descer. O país contabilizou mais 260 vítimas mortais - menos 155 que na contagem anterior e o menor número desde 14 de março.

O número total de óbitos eleva-se agora para quase 27 mil (26.644). No entanto o número de pessoas recuperadas também aumentou: são quase 65 mil os casos de sucesso (64.928).

O número de infeções aumentou, foram despistados 256 novos casos de coronavírus - depois do país ter assistido a uma queda durante seis dias seguidos.

Até o momento, Itália registou quase 200 mil casos de Covid-19 (197.675), incluindo vítimas mortais e sobreviventes.

Em Paris, as ruas desertas dão lugar a mais movimento sempre que mais pessoas saem para fazer as compras essenciais.

Neste domingo, umas das tradicionais zonas comercias do centro da capital francesa - a rua Montorgueil - encheu-se de consumidores que tentam usar máscaras e respeitar o distanciamento social.

França registou 242 mortes adicionais nas últimas 24 horas. No total, quase 23 mil pessoas (22.856) morreram devido ao novo coronavírus desde o dia 1 de março, no país.