EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

China esquece epidemia e vai de férias

China esquece epidemia e vai de férias
Direitos de autor GREG BAKER/AFP or licensors
Direitos de autor GREG BAKER/AFP or licensors
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tráfego rodoviário e aéreo aumenta consideravelmente durante o período de férias do 1.º de Maio

PUBLICIDADE

Pequim garante ter a epidemia de covid-19 controlada mas este fim de semana tem um teste de fogo. O período de férias do 1.º de Maio provocou um aumento considerável de tráfego rodoviário, com uma fatia considerável da população a deixar por uns dias o rebuliço das grandes cidades.

As autoridades locais admitem que o número de veículos nas estradas chinesas é duas a três vezes superior ao habitual mas o aumento de tráfego também se faz sentir nas ligações aéreas. São esperados perto de três milhões de passageiros nos voos internos durante os cinco dias de férias.

Pequim será um dos principais destinos, depois de levantada a quarentena obrigatória para os passageiros provenientes das zonas de risco.

As principais atrações turísticas do país já aconselharam a reserva antecipada de bilhetes para poderem controlar melhor o fluxo de visitantes.

As autoridades apelam ao respeito das medidas de higiene. Para Pequim, todo o cuidado é pouco. Afinal de contas foi durante o período de férias do ano novo chinês que a epidemia se tornou incontrolável.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia e China juntas em novo exercício militar

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong

Putin enaltece comércio bilateral no último dia da sua visita à China