Última hora
This content is not available in your region

Desemprego bate recordes nos Estados Unidos

euronews_icons_loading
Desemprego bate recordes nos Estados Unidos
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Em apenas um mês, a taxa de desemprego triplicou nos Estados Unidos. No mês de abril atingiu os 14,7%, o valor mais alto desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Em fevereiro estava nos 3,5%, um mínimo de 50 anos, o que diz bem do efeito devastador do surto de covid-19 na economia do país.

O relatório do Departamento do Trabalho, publicado esta sexta-feira, revela que durante o mês de abril a economia norte-americana perdeu mais de 20 milhões de empregos.

No meio da hecatombe, no entanto, há um pequeno sinal positivo, desses mais de 20 milhões, cerca de 18 milhões dizem respeito a despedimentos temporários causados pelas medidas de restrição.

Apesar do número de novos casos continuar a aumentar, mais de 40 estados começaram já o processo de desconfinamento e promoveram a reabertura parcial do comércio para tentar estimular a economia.