População Indígena de Manaus queixa-se de abandono

População Indígena de Manaus queixa-se de abandono
Direitos de autor AP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Comunidade está doente mas não recebe acompanhamento médico nem fez testes para a covid-19

PUBLICIDADE

A Comunidade Parque das Nações Indígenas alberga cerca de três centenas de famílias em Manaus. A capital do Amazonas tem sido uma das cidades brasileiras mais afetadas pelo surto de covid-19 e a população nativa sente-se entregue à sua sorte.

O número de doentes na comunidade aumentou consideravelmente nos últimos tempos e o Chefe Pedro dos Santos foi um deles. Conta que esteve dez dias doente mas que acabou por recuperar com a ajuda de um remédio caseiro. Então temeu pela vida, agora teme pela vida de quem o rodeia.

Admite que uma boa parte da comunidade já deve estar contaminada, no entanto oficialmente, o número não passará do zero. Ninguém foi testado para a covid-19, ninguém recebeu qualquer tipo de acompanhamento médico.

Com ou sem vírus, o futuro não será fácil para os habitantes do Parque Indígena. O trabalho acabou e com ele todas as fontes de rendimento...

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fogos na Amazónia tornam Manaus irrespirável

Supremo Tribunal Federal derruba tese do marco temporal

Lula demarca novas terras indígenas no Brasil