Última hora
This content is not available in your region

Alta hospitalar no aniversário dos 100 anos de vida

euronews_icons_loading
Alta hospitalar no aniversário dos 100 anos de vida
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Parabéns à senhora Pelageya Poyarkova, não só pelos 100 anos de vida mas também por ter derrotado a Covid-19 . A moscovita teve alta hospitalar no dia em que cumpre um século de existência.

Uma história com um final feliz e de motivação para uma Rússia bastante afetada pela pandemia.

"Apesar de um certo número de complicações no seu sistema cardiovascular, ela demonstrou ser uma avó rija. Não precisou ir para os cuidados intensivos, esteve o tempo todo na enfermaria e recebeu o tratamento habitual, anti-inflamatórios e anticoagulantes", explica Vsevolod Belousov, diretor interino do Centro do Cérebro de Moscovo, transformado em unidade de tratamento contra a Covid-19.

A viúva de um combatente da II Guerra Mundial, contraiu o vírus a partir de um outro doente num hospital quando fazia um tratamento de rotina.

A Rússia contabilizou 252 245 casos de coronavírus e é o segundo país do mundo mais afetado depois dos Estados Unidos em termos de infeções.