Última hora
This content is not available in your region

Covid-19 não afasta migrantes da Rota dos Balcãs

euronews_icons_loading
Covid-19 não afasta migrantes da Rota dos Balcãs
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Com a maior parte do mundo de portas fechadas, ao abrigo do surto de Covid-19, os migrantes continuam a fazer a viagem da Ásia Central para a Europa.

160 pessoas, na maioria homens jovens, que dizem vir do Afeganistão e Paquistão, foram encontrados esta terça-feira em florestas na zona de Trieste, em Itália, junto à fronteira com a Eslovénia.

Levados para instalações militares e depois de submetidos a um primeiro exame médico, os recém-chegados vão agora ter de passar os quinze dias obrigatórios de quarentena, tal como aconteceu com a maior parte dos cerca de quatro mil migrantes que chegaram a Itália desde o início do ano.

A região de Friul-Veneza Júlia pediu mais ação da parte dos países dos Balcãs para controlar esta rota migratória.

A Agência das Nações Unidas para a migração alertou recentemente para os riscos acrescidos que os migrantes enfrentam com esta crise sanitária.