Última hora
This content is not available in your region

Trump responde a críticas de Obama

euronews_icons_loading
Trump responde a críticas de Obama
Direitos de autor  Kathy Willens/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Troca de galhardetes entre o atual Presidente dos EUA e o seu antecessor. Depois de Barack Obama criticar a forma como a atual administração está a gerir a crise provocada pela pandemia de Covid-19 Donald Trump chama de "incompetente", o anterior ocupante da Casa Branca.

De "totalmente incompetente" durante o período em que teve nas suas mãos o destino do país.

É verdade que não é muito comum ouvir um presidente criticar o seu sucessor mas foi durante um discurso transmitido através da internet para os alunos finalistas de uma universidade que Obama afirmou que é comum pensar-se que os adultos que estão "no comando" sabem que estão "a fazer", não que eles não "têm todas as respostas. Muitos deles nem sequer estão a colocar as perguntas certas", afirmou o antigo chefe de Estado.

Já o governador de Nova Iorque aproveitou para, em direto num programa de televisão, de domingo, procurar a resposta que talvez alguns queiram saber se está infetado com o novo coronavírus e aproveitou para dizer que, a partir de agora, todos os que apresentarem sintomas de gripe podem fazer o mesmo teste.

As igrejas procuram retomar os serviços religiosos, não esquecendo a importância do distanciamento social até porque o país continua a ser o mais afetado ao somar o maior número de mortes e casos de infeção. Mais de quatro milhões e setecentas mil pessoas foram infetadas deste o início da propagação do vírus no país. Quase 90 mil morreram devido à Covid-19.