Conselheiro de Boris Johnson furou quarentena com sintomas de Covid-19

Conselheiro de Boris Johnson furou quarentena com sintomas de Covid-19
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A oposição britânica quer esclarecimentos. Dominic Cummings diz que apenas "fez o que era correto fazer" ao viajar à casa dos pais no norte de Inglaterra.

PUBLICIDADE

Dominic Cummings, conselheiro próximo de Boris Johnsonviolou as regras do confinamento no Reino Unido ao ter viajado até à casa dos pais, a 400 quilómetros de Londres, no final de março. Uma acusação que Cummings confirmou, dizendo que "fez o que era correto fazer".

O Partido Trabalhista quer esclarecimentos do número 10 da Downing Street, depois de dois jornais terem relatado a visita do conselheiro principal do primeiro-ministro, aos pais no norte de Inglaterra, um facto que foi na altura denunciado à polícia, que confirma ter estado numa casa na cidade de Durham e relembrado à família lá residente as regras da quarentena, sem confirmar, no entanto, tratar-se dos Cummings.

O facto é ainda mais grave tendo em conta que Cummings apresentava, na altura, sintomas de infeção por coronavírus. O primeiro-ministro Boris Johnson adoeceu com Covid-19 na mesma altura e chegou a estar internado nos cuidados intensivos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo britânico mantém apoio no conselheiro de Boris Johnson

Girafa de espécie rara sai à rua pela primeira vez no Zoo de Chester

Rei Carlos III volta a aparecer em público na missa de Páscoa