Última hora
This content is not available in your region

Justiça austríaca apreende vídeo do escândalo político "Ibizagate"

euronews_icons_loading
Justiça austríaca apreende vídeo do escândalo político "Ibizagate"
Direitos de autor  JOE KLAMAR/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Quase um ano após o escândalo que derrubou o governo de coligação entre os conservadores e a extrema-direita, na Áustria, o ministério público de Viena anuncia a primeira vitória.

A justiça apreendeu a totalidade do vídeo em que Heinz-Christian Strache é visto com uma jovem, alegadamente sobrinha de um oligarca russo, em Ibiza, no verão de 2017, três meses antes das eleições em que foi cabeça de lista pelo FPÖ.

Durante a conversa, numa vivenda da ilha, o ex-vice-chanceler e líder FPÖ é filmado a oferecer o acesso aos mercados públicos austríacos, nomeadamente da construção, a troco de financiamento russo e a incentivar à compra de médias austríacos.

Heinz-Christian Strache, que foi obrigado a demitir-se, justificou, na altura, o vídeo com o facto de ter bebido.

A comissão parlamentar de inquérito sobre o caso conhecido como Ibizagate reúne esta quinta-feira. Os deputados querem ouvir Strache também sobre suspeitas de negociações de empregos durante os dois anos em foi vice-chanceler do governo de coligação com os conservadores.

Após as eleições antecipadas de 2019, a Áustria é agora governada por uma coligação Conservadores/Verdes.