EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Localidade espanhola quer testar todos os habitantes

Localidade espanhola quer testar todos os habitantes
Direitos de autor AP Photo/Manu Fernandez
Direitos de autor AP Photo/Manu Fernandez
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Torrejón de Ardoz utilizou as verbas das festas municipais para testar 130 mil residentes.

PUBLICIDADE

Foi debaixo de um sol já inclemente que centenas de habitantes da localidade de Torrejón de Ardoz, junto a Madrid, começaram a fazer fila para o teste de despistagem do novo coronavírus. Isto porque a câmara local decidiu gastar as verbas das festas municipais, cerca de um milhão de euros, para cobrir os custos.

Uma iniciativa vista aparentemente com bons olhos. "Não é por não haver festa este ano que alguém vai morrer", dizia-nos um habitante. Há também quem sublinhe ser importante "haver estatísticas locais". E quem realce que o fundamental é "continuar a preservar distâncias e ser responsável".

Por último, há quem tenha um só desejo: que o teste revele que "o vírus já veio" e já partiu.

Os cerca de 130 mil habitantes têm seis dias para efetuar o exame, com faixas horárias repartidas segundo a ordem alfabética do apelido.

Pepa Soriano coordena as operações e explica o procedimento: "as pessoas entram, realiza-se a extração, que é verificada em seguida. Cada utente recebe um número que vai servir para consultar os resultados pela internet".

Numa localidade que foi um dos epicentros da crise sanitária em Espanha, a medida não deixa de levantar polémica, como realça o jornalista Juan Carlos de Santos. O Ministério da Saúde quer supervisionar o processo, sob pena de aplicar sanções. E entretanto mais dez localidades da Comunidade de Madrid manifestaram ao governo regional a intenção de efetuar os testes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Málaga limita licenças de alojamento turístico para fazer descer preços das rendas

Novo naufrágio perto de Tenerife faz pelo menos 5 mortos. 68 migrantes foram resgatados com vida

Felipe VI de Espanha celebra dez anos de reinado