Última hora
This content is not available in your region

O Judo e a importância da Sinceridade

euronews_icons_loading
euronews
euronews   -   Direitos de autor 
Tamanho do texto Aa Aa

Sermos sinceros connosco, para sermos honestos com a equipa e os adversários é uma das regras básicas para se poder competir ao mais alto nível. Sagi Muki, Soumiya Iraoui e Axel Clerget falam sobre a importância da sinceridade no judo e na vida.

O judo permitiu-me dar a volta ao mundo e descobrir culturas diferentes. Mas, mais do que tudo, mudou muito a minha personalidade. A sinceridade é crucial, especialmente no amor e na amizade, é importante falar o que se pensa.
Axel Clerget
Judoca

Sagi Muki (Israel)

Foi o primeiro campeão do mundo masculino de Israel em 2019, em Tóquio. Nesse mesmo ano, saiu do Grand Slam, em Baku, com o ouro, venceu o Grand Prix em Tel Aviv, onde, no ano anterior, tinha conquistado já o título europeu sénior e ganhou o Grand Slam de Ekaterinburg. Muki ganhou a prata no IJF World Masters em 2019, em Qingdao, e o bronze no Paris Grand Slam, em 2016. Ficou em quinto lugar nos Jogos Olímpicos do Rio. É especialista em Sode Tsuri Gomi Goshi.

Soumiya Iraoui (Marrocos)

Nasceu em Salé, Marrocos, e começou a praticar judo aos 14 anos. Em 2018, levou a prata no Open Europeu em Roma. Ganhou a prata no Campeonato Africano na Cidade do Cabo, em 2019. Ganhou uma medalha de prata nos Jogos Africanos de Rabat, em 2019. Ganhou uma medalha de bronze no Grande Prémio de Tashkent, em 2019. Conquistou uma medalha de bronze no African Open, em Dakar, em 2019.

Axel Clerget (França)

O judoca francês ganhou o bronze no Campeonato do Mundo de Tóquio em 2019 e em Baku em 2018. Sagrou-se campeão do mundo em Liverpool, Casablanca e Minsk. Abriu 2019 com uma vitória no Grand Prix em Tel Aviv. Conquistou a prata no Grand Slam em Paris e no Campeonato Europeu de Varsóvia, em 2017, e nos Grand Slam em Abu Dhabi e em Tóquio, em 2016. Em 2009, ganhou o bronze no Grand Slam em Paris.