Última hora
This content is not available in your region

Presidenciais na Polónia a 28 de junho

euronews_icons_loading
Presidenciais na Polónia a 28 de junho
Direitos de autor  AP Photo/Czarek Sokolowski
Tamanho do texto Aa Aa

Após um longo impasse, foi finalmente anunciado aos polacos quando é que vão poder escolher o novo presidente. As eleições vão decorrer no dia 28 de junho. Recorde-se que o escrutínio presidencial estava inicialmente previsto para o dia 10 de maio, mas a crise sanitária mudou todo o contexto.

Foi a presidente da assembleia nacional, Elzbieta Witek, a divulgar a data, salientando que "a eleição é essencial para preservar a razão de ser do Estado polaco e o parlamento é o guardião da ordem constitucional".

O atual chefe de Estado, Andrzej Duda, apoiado pelo partido nacionalista no governo, Lei e Justiça, liderava as sondagens até à suspensão do ato eleitoral. O compasso de espera e as polémicas em torno dos padrões democráticos deste país não terão ajudado a manter a posição.

Os últimos inquéritos colocam à frente o candidato liberal, Rafal Trzaskowski, o presidente da Câmara de Varsóvia. No entanto, ainda falta a Trzaskowski terminar a recolha de assinaturas para concorrer.

Não se prevendo uma vitória na primeira ronda acima dos 50%, a segunda volta deverá decorrer no dia 12 de julho. A Polónia tem encabeçado várias controvérsias com a Comissão Europeia, que já lançou quatro procedimentos por causa de reformas judiciais consideradas perigosas para a independência da Justiça polaca.