Última hora
This content is not available in your region

Ennio Morricone e John Williams distinguidos em conjunto

euronews_icons_loading
Ennio Morricone e John Williams distinguidos em conjunto
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

É um dos nomes maiores da música aliada à imagem. E agora, o italiano Ennio Morricone junta ao seu mítico percurso o Prémio Princesa das Astúrias na categoria Artes.

Responsável por bandas sonoras imortais como "Aconteceu no Oeste", "O Bom, o Mau e o Vilão", "A Missão" ou "Cinema Paraíso", resume o talento assim: foi influenciado "por todas as músicas criadas pelos compositores" que amou, mas sempre se manteve "fiel a si mesmo".

O prémio distinguiu igualmente o americano John Williams, outro gigante da música cinematográfica, autor de melodias que fazem parte do imaginário coletivo. Basta citar a saga "Indiana Jones", "Harry Potter", os filmes "E.T." e "A Lista de Schindler", e claro, todo o universo de "A Guerra das Estrelas".