Última hora
This content is not available in your region

Chefe da polícia de Atlanta demite-se após morte de homem negro

euronews_icons_loading
Rayshard Brooks momentos antes do disparo fatal
Rayshard Brooks momentos antes do disparo fatal   -   Direitos de autor  AP/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Uma noite de revolta e turbulência na cidade americana de Atlanta, após a morte de um homem negro durante uma operação policial. O agente que deu o disparo fatal já foi afastado de funções. Mas os protestos multiplicam-se.

Rayshard Brooks, de 27 anos, foi abatido após um confronto com dois polícias que o tentavam algemar. Ao que tudo indica, Rayshard conseguiu tirar o taser de um dos agentes e foi alvejado pelas costas quando tentava fugir.

A presidente da Câmara de Atlanta, Keisha Lance Bottoms, confirmou também o pedido de demissão da chefe da polícia local, que dirigia as unidades há mais de 20 anos, dizendo que "a cidade tem de poder avançar para reconstruir a confiança de que esta comunidade necessita desesperadamente".

Rayshard tinha adormecido no carro no exterior de um restaurante e estaria a bloquear a passagem doutros veículos. A polícia foi chamada. Os confrontos sucederam-se na sequência de um teste de alcoolemia positivo.

Centenas de manifestantes bloquearam uma autoestrada nas imediações do restaurante em questão, entretanto incendiado.