EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

China aprova lei da segurança para Hong Kong

China aprova lei da segurança para Hong Kong
Direitos de autor Kin Cheung/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Kin Cheung/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Revelação foi feita pela comunicação social do território semiautónomo, Pequim não comenta

PUBLICIDADE

A China está habituada a obter aquilo que quer e a controversa lei de segurança para Hong Kong não é exceção. De acordo com a comunicação social do território semiautónomo, a lei foi ratificada esta terça-feira pelo Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional chinesa e poderá entrar em vigor já a um de julho, no aniversário da transferência da soberania britânica para a chinesa. Nem o governo central de Pequim, nem as autoridades locais de Hong Kong confirmaram a notícia mas nem por isso deixaram de se sentir as ondas de choque.

Para o ativista, Joshua Wong, Hong Kong prepara-se para entrar num reino de terror com perseguições arbitrárias, prisões ilegais, confissões forçadas e censura.

A lei prevê mão pesada para "atos de secessão, subversão, terrorismo e conluio com forças estrangeiras" e para a Amnistia Internacional coloca em causa os direitos humanos no território. A comunidade internacional, com destaque para União Europeia e Estados Unidos, também tem vindo a condenar a vontade imperturbável de Pequim em impor a legislação. A intenção chinesa deu origem a vários meses de violentos protestos em Hong Kong, que motivaram cerca de nove mil detenções.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcos chineses confrontam embarcações da Marinha filipina

Dalai Lama recebe delegação de congressistas norte-americanos na Índia

Diplomacia dos pandas: primeiro-ministro chinês visitou zoo de Adelaide para ver Wang Wang e Fu Bi