Última hora
This content is not available in your region

Hong Kong marca 23 anos de passagem para a China

euronews_icons_loading
Hong Kong marca 23 anos de passagem para a China
Direitos de autor  Kin Cheung/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Hong Kong marcou esta quarta-feira 23 anos da passagem do Reino Unido para a China.

Um aniversário num contexto de tensão e críticas internacionais, depois de Pequim ter imposto a nova lei da segurança sobre o território, vista pelo Ocidente e pela oposição como um atentado às preciosas liberdades de que gozam os habitantes de Hong Kong, como a liberdade de expressão.

Muitos dos atos de protestos que marcaram o quotidiano no último ano em Hong Kong poderão agora ser classificados como "atos de subversão ou secessão", puníveis com a cadeia perpétua.

Apesar de muitos temerem repercussões, vários ativistas pró-democracia não hesitaram em voltar à rua por ocasião do aniversário para pedir o fim da "ditadura de um partido".