Lampedusa a braços com nova vaga de migrantes

Lampedusa a braços com nova vaga de migrantes
Direitos de autor Fabio Peonia/LaPresse
Direitos de autor Fabio Peonia/LaPresse
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desembarcaram no porto italiano perto de 800 pessoas no espaço de 48 horas

PUBLICIDADE

A chegada de migrantes está longe de ser uma novidade em Lampedusa mas tem-se intensificado nos últimos dias. Só este sábado o porto italiano acolheu três embarcações ilegais, uma das quais com oitenta pessoas. No espaço de 48 horas chegaram à costa siciliana perto de oitocentos migrantes.

Além da situação humanitária que continua por resolver, as dificuldades são acrescidas pela pandemia de covid-19, que obriga os recém-chegados a ficar em quarentena. As autoridades locais já disponibilizaram material médico para que todos possam ser testados.

Nello Musumeci, governador da Sicília, esteve no local para avaliar a situação. Queixa-se que a estrutura para acolher as mais de setecentas pessoas foi construída para receber menos de uma centena e considera a situação insustentável em Lampedusa, tendo solicitado ao governo italiano a declaração do estado de emergência na região.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lampedusa recebe mais 250 migrantes

Imigração ilegal continua em plena pandemia

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia