Última hora
This content is not available in your region

Chegou o comboio do futuro

euronews_icons_loading
Chegou o comboio do futuro
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

À primeira vista parece ser um comboio perfeitamente normal mas pode muito bem vir a revolucionar o transporte ferroviário. Apresentado como o comboio do futuro, atinge velocidades superiores a 110 quilómetros por hora e acomodar três centenas de passageiros, mas o que o distingue é o uso de uma célula de hidrogénio como combustível. Trata-se do primeiro modelo a ver a sua utilização aprovada.

Desenhado especificamente para linhas não eletrificadas, é visto como a solução ideal para substituir os mais de cinco mil comboios a diesel que funcionam na Europa. Agradece o meio ambiente, afinal de contas, a única emissão que resulta da utilização de uma célula de hidrogénio é vapor de água.

Já foram encomendados 41 exemplares por empresas alemãs e a Alemanha promete atacar em força no hidrogénio verde, ou seja, aquele que é produzido com recurso às energias renováveis, tendo previsto o investimento de nove mil milhões de euros neste tipo de tecnologia.