Última hora
This content is not available in your region

Manifestantes nas ruas de Khabarovsk contra prisão de ex-governador

euronews_icons_loading
Manifestantes nas ruas de Khabarovsk contra prisão de ex-governador
Direitos de autor  AP Photo/Igor Volkov
Tamanho do texto Aa Aa

Preso, por alegado envolvimento na morte de rivais de negócios nos anos 2000, Sergei Furgal continua a inspirar protestos anti-Putin no Extremo Oriento russo, pelo quarto fim de semana consecutivo.

O ex-governador da cidade de Khabarovsk, uma voz local independente, foi substituído no cargo por um novo ocupante, nomeado pelo Kremlin.

Este sábado, a população voltou a denunciar motivações políticas no caso.

"Estão a roubar-nos a nossa escolha. As pessoas tiveram uma espécie de janela na vida democrática que foi fechada. Protestamos em nome da reabertura desta janela. Não só para nós, mas para toda a Rússia. Porque o país inteiro está na mesma situação", sublinhou Petr Smirnov, um manifestante residente em Khabarovsk.

Os protestos começaram a 11 de julho e desde então têm subido de tom. Os manifestantes exigem a libertação de Sergei Furgal, do Partido Liberal Democrático, e um julgamento justo e transparente.