Última hora
This content is not available in your region

Robô de desinfeção já entrou ao serviço no hospital de Valongo

euronews_icons_loading
Robô de desinfeção já entrou ao serviço no hospital de Valongo
Direitos de autor  RTP7
Tamanho do texto Aa Aa

A limpeza de superfícies é algo essencial na luta contra o vírus Sars-Cov 2.

Em Portugal já se encontra em ação um robô autónomo cuja função é desinfetar os corredores e espaços hospitalares.

Chama-se Robô Autónomo para Desinfeção em Ambiente Hospitalar (RADAR) e foi testado no Hospital de São Martinho, em Valongo, no Porto.

" Se aparecer alguém ele deteta movimento e desliga-se sózinho para não entrar em conflito com a presença de humanos pois trata-se de uma radiação perigosa para todos. Desinfeta tudo, desinfeta o coronavírus mas desinfeta todos os germes e bactérias que se encontram no local", adianta o coordenador António Paulo Moreira do INESC-TEC (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência).

O novo sistema garante a desinfeção do ar e das superfícies com uma eficiência de 99,9%.

Isto ajuda a prevenir e reduzir a transmissão de muitas doenças infecciosas incluindo a Covid-19.

A utilização de robôs está a tornar-se mais comum como forma de colmatar a falta de pessoal especializado assim como a necessidade de distanciamento social.