Última hora
This content is not available in your region

Robô de desinfeção já entrou ao serviço no hospital de Valongo

Access to the comments Comentários
De  Joao Duarte Ferreira
euronews_icons_loading
Robô de desinfeção já entrou ao serviço no hospital de Valongo
Direitos de autor  RTP7
Tamanho do texto Aa Aa

A limpeza de superfícies é algo essencial na luta contra o vírus Sars-Cov 2.

Em Portugal já se encontra em ação um robô autónomo cuja função é desinfetar os corredores e espaços hospitalares.

Chama-se Robô Autónomo para Desinfeção em Ambiente Hospitalar (RADAR) e foi testado no Hospital de São Martinho, em Valongo, no Porto.

" Se aparecer alguém ele deteta movimento e desliga-se sózinho para não entrar em conflito com a presença de humanos pois trata-se de uma radiação perigosa para todos. Desinfeta tudo, desinfeta o coronavírus mas desinfeta todos os germes e bactérias que se encontram no local", adianta o coordenador António Paulo Moreira do INESC-TEC (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência).

O novo sistema garante a desinfeção do ar e das superfícies com uma eficiência de 99,9%.

Isto ajuda a prevenir e reduzir a transmissão de muitas doenças infecciosas incluindo a Covid-19.

A utilização de robôs está a tornar-se mais comum como forma de colmatar a falta de pessoal especializado assim como a necessidade de distanciamento social.