EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Covid-19: Acesso limitado às praias belgas

Covid-19: Acesso limitado às praias belgas
Direitos de autor AP / Virginia Mayo
Direitos de autor AP / Virginia Mayo
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cidades costeiras impedem entrada de "turistas de um dia".

PUBLICIDADE

Defender o direito de ir à praia - tem sido esta a bandeira do Ministro do Interior da Bélgica.

Defendo quem quer ir livremente até à costa - é um direito de todos. Uma ida à praia não nos transforma em terroristas por um dia.
Pieter De Crem
Ministro do Interior da Bélgica

Algumas cidades costeiras da Bélgica proibiram o acesso às praias a turistas que chegam às praias pela manhã e partem ao final da tarde. Uma decisão tomada na sequência de confrontos entre jovens banhistas e a polícia no último fim de semana, na cidade de Blankenberge. Tudo começou com o desrespeito do distanciamento social.

A organização Liga das Famílias do país diz que banir pessoas é algo completamente injusto.

Proibir de repente, sem mais nem menos, os turistas que vão à praia, pontualmente, por um dia, é privar essas famílias de fazerem a sua pequena escapadela de verão. A medida é abrupta é algo injusta, há uma injustiça social contra uma classe social.
Thierry Dupiereux
Organização Liga das Famílias

O presidente da câmara de Knokke-Heist,  Leopold Lippens,  quer que as pessoas sigam as medidas: “Não queremos quantidade, queremos qualidade... qualidade é perfeito. Isso significa que qualquer pessoa pode vir na condição de cumprir as regras, quem não cumprir a lei será erradicado daqui."

O assunto foi tema de debate no parlamento e o responsável pela cidade de Lippens diz agora que, a partir de hoje, os turistas são bem-vindos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"L'amour toujours": como uma canção de amor se tornou numa canção de ódio da direita na Alemanha

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Rishi Sunak pede desculpa aos familiares das vítimas da Covid-19