Última hora
This content is not available in your region

Kamala Harris, de crítica a parceira de Joe Biden

euronews_icons_loading
Kamala Harris, de crítica a parceira de Joe Biden
Direitos de autor  Meg Kinnard/Copyright 2015 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Kamala Harris é a candidata escolhida pelo democrata Joe Biden à vice-presidência dos Estados Unidos.

Terminou assim o suspense com a escolha desta senadora da Califórnia, de 55 anos, que vai disputar o lugar de número dois da administração americana na corrida do dia 3 de novembro.

No "tweet" em que anunciou a escolha, Joe Biden descreve Harris como uma "lutadora incansável pelos mais desprotegidos e um dos melhores detentores de cargos públicos no país".

Durante as primárias, a que concorreu, Harris foi muito crítica em relação a Biden... algo que o presidente Donald Trump, rival de Biden nas eleições, já usou contra ela. Disse Trump: "Ela faltou muito ao respeito a Joe Biden, deve ser difícil escolher alguém tão desrespeitoso. Nos debates, disse coisas horríveis sobre Sleepy Joe (Biden)".

Apesar destas críticas, Harris tornou-se apoiante de Biden depois de ter perdido o lugar nas primárias.

De origem indiana e jamaicana, Harris é a terceira mulher candidata à vice-presidência e primeira oriunda das minorias étnicas.

É conhecida pela determinação. Foi já criticada por ter uma posição considerada demasiado dura em temas como as drogas ou o sistema prisional. É uma das figuras de proa no Partido Democrático e um trunfo de Biden para ganhar votos, sobretudo junto do eleitorado feminino.