EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Sem emprego procuram sustento no mar

Sem emprego procuram sustento no mar
Direitos de autor AP, all rights reserved
Direitos de autor AP, all rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Habitantes da cidade venezuelana de La Guaira tornam-se pescadores para sobreviver

PUBLICIDADE

A sobrevivência durante a pandemia forçou vários habitantes da cidade venezuelana de La Guaira a enfrentar o mar para ganhar a vida. Pescam com jangadas improvisadas feitas de tubos, pás de plástico e barbatanas nos pés.

No início do ano, Jean Carlos Almeida trabalhava na construção civil: “Somos pedreiros mas neste momento não há trabalho na construção. Quanto custa um saco de cimento? 10 dólares. Quem é que compra agora um saco de cimento por 10 dólares? E se comprarem não terão o suficiente para pagar pelo trabalho. Então o que é que fazemos? É mais fácil para nós ir pescar".

Eric Mendez, também pedreiro, diz que não teve opção: “Também temos direito à alimentação. Se não temos um trabalho, para onde vamos? Para o que Deus nos deu: para o mar. Temos de ir pescar".

La Guaira fica a apenas a alguns minutos de Caracas. O coronavirus estagnou a já débil economia da região.

Depois de alguns meses de prática, Almeida e Mendez dizem que são experientes. Desaparecem rapidamente de vista de quem os observa a partir da costa. Depois remam de volta para terra e descarregam o peixe. É suficiente para alimentar as famílias, partilhar com os vizinhos durante uma semana e vender o resto por alguns dólares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Espanha acolhe requerentes de asilo da América Latina para aliviar fluxo migratório para os EUA

Setor da aviação prevê ano histórico em 2024

Guiana: Presidente venezuelano assume controlo da exploração de crude e gás da região de Essequibo