Última hora
This content is not available in your region

"Down to Earth". A exposição que convida a ter os pés na Terra

euronews_icons_loading
"Down to Earth". A exposição que convida a ter os pés na Terra
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Como podemos mudar de forma sustentável o modo como trabalhamos, comemos, viajamos ou fazemos exposições?

O museu Martin Gropius Bau de Berlim está a propor uma mudança de comportamento mais permanente, que conduza a um mundo sustentável.

"Down to Earth" convida os visitantes a ter os pés no chão, confrontando-os, por exemplo, com uma poça de água e vestígios do que o homem deixa na terra.

"Estamos a viver neste mundo. Não podemos continuar como nos séculos XIX e XX, quando não vivíamos realmente na Terra, mas usávamo-la para ter acesso a recursos ilimitados, usávamos 'Gaia' para uso ilimitado", defende Tino Sehgal, um dos curadores da exposição.

Todas as obras estão expostas de forma a cumprir os requisitos da própria exposição, ser sustentável, porque, tal como reflete, Tino Sehgal, também ela emite dióxido de carbono, acrescentando que quando o diretor da exposição, Thomas Oberender, o convidou para participar, lhe respondeu que também teriam de olhar para o próprio consumo.

De acordo com o curador, os não é utilizada "qualquer eletricidade" e "todos os envolvidos viajaram de comboio".

Tal como o maior sistema em que vivemos, o clima, também a exposição está em constante mudança, com vários eventos ao vivo.

"Down to Earth" convida à imersão nas obras de mais de 50 artistas e à reflexão sobre o mundo de todos, até 13 de setembro, em Berlim.