Última hora
This content is not available in your region

Crise ameaça indústria turística da Argentina

euronews_icons_loading
Baleias ao largo da Argentina
Baleias ao largo da Argentina   -   Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Grupos de baleias que brincam ao largo de Puerto Piramide. no sul da Argentina, esta uma vista comum ao largo das águas desta localidade considerada como um dos melhores destinos para quem gosta de apreciar estas magníficas criaturas de perto.

Os cerca de 200 residentes dependem do turismo para a sua sobrevivência. Este ano, contudo, a pandemia de Covid-19 manteve os turistas afastados.

"Temos um problema porque as pessoas dependem a 100% dos turistas no interior da área protegida, por isso existem restrições nas ligações a outras localidades. Desde 15 de março que estamos encerrados" afirma Pamela, uma das funcionárias da agência turística Peke Sosa especializada em viagens para observação de baleias.

Para responder às necessidades da economia, o governo argentino prolongou uma linha de crédito a custo zero aos residentes; outros receberam subsídios de apoio.

O futuro contudo permanece incerto para muitos.

Não estão previstos vôos nacionais ou internacionais durante pelo menos os próximos dois meses.