Três noites consecutivas de protestos em Kenosha

Três noites consecutivas de protestos em Kenosha
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os protestos começaram depois de Jacob Blake, um negro, ter sido alvejado várias vezes pela polícia, no domingo, tendo ficado paralisado da cintura para baixo. Um jovem de 17 anos está sob custódia policial por, alegadamente, ter abatido a tiro duas pessoas e ferido outra, durante os protestos.

PUBLICIDADE

Pela terceira noite consecutiva, as ruas da cidade de Kenosha, no estado norte-americano do Wisconsin, foram palco de manifestações e confrontos.

Os protestos começaram depois de Jacob Blake, um negro, ter sido alvejado várias vezes pela polícia, no domingo, tendo ficado paralisado da cintura para baixo.

O Procurador-geral do estado do Wisconsin revelou que o polícia, que baleou Blake, é Rusten Sheskey e é agente há sete anos.

Josh Kaul revelou, ainda que durante as investigações, Jacob Blake reconheceu que tinha uma faca na sua posse. Os agentes da Divisão de Investigação Criminal encontraram a faca no veículo do senhor Blake. Estava no chão entre os pedais e o banco do condutor. Não foram encontradas mais armas."

As autoridades anunciaram, também, que um jovem de 17 anos está sob custódia policial por, alegadamente, ter abatido a tiro duas pessoas e ferido outra, durante os protestos contra a violência policial na cidade de Kenosha.

Face aos tumultos naquela cidade do Wisconsin, Donald Trump anunciou que serão enviados agentes federais para o local.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agentes da autoridade mortos a tiro no Estado de Nova Iorque

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA