Última hora
This content is not available in your region

Festival Beatleweek em modo virtual

euronews_icons_loading
Festival Beatleweek em modo virtual
Direitos de autor  EN
De  Joao Duarte Ferreira
Tamanho do texto Aa Aa

O icónico The Cavern Club em Liverpool no Reino Unido, um local sinónimo com os Beatles que lá atuaram 292 vezes em início de carreira.

O festival anual International Beatleweek abriu esta quinta-feira e prolonga-se até ao dia 1 de setembro.

Este ano, contudo, a pandemia obrigou a mudanças no formato. O evento decorre através da página do clube no Facebook com atuações de bandas e artistas provenientes de 30 países diferentes, incluindo o Brasil, Argentina, México, EUA, Itália e Japão.

"É ótimo estar de volta, este clube é tão icónico, boa música. Somos grandes admiradores dos beatles. Senti a falta de cá estar, é diferente mas pelo menos estamos cá", afirma Peter Naylor, um admirador do quarteto de Liverpool.

"Parece mais um clube de cabaret em vez do Cavern a que estávamos habituados. Acredito que vai voltar mas ninguém sabe quando. Mas sabe bem estar de volta e ver sorrisos e os músicos a tocarem esta música maravilhosa de novo", confessa Bill Heckle, o diretor do The Cavern Club.

Tal como outras empresas, o The Cavern Club encerrou as portas devido ao Covid-19 no dia 18 de março. O clube reabriu com capacidade limitada e medidas de distaciamento social.

Na semana passada, o diretor do clube revelou que o confinamento havia custado ao clube mais de 30 mil euros por semana o que levou ao afastamento de 20 funcionários.

O festival é o momento alto do ano para o clube acolhendo cerca de 12 mil adeptos dos Fab Four.