Última hora
This content is not available in your region

União Europeia adere à COVAX

euronews_icons_loading
União Europeia adere à COVAX
Direitos de autor  FRANCOIS WALSCHAERTS/
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia adere à COVAX, uma iniciativa da OMS para uma vacina universal contra a COVID-19. O objetivo é garantir o acesso a um futuro tratamento a pessoas de países em maior fragilidade financeira. A Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse que o objetivo é o trabalho conjunto, para garantir que as vacinas estarão disponíveis em todos os países - sejam eles ricos ou pobres. A comissão anunciou uma contribuição no valor de 400 milhões de euros para apoiar a iniciativa.

Esta contribuição ajudará a comprar e a distribuir doses de vacinas futuras a países de baixo e médio rendimento. Paralelamente, continuamos a negociar com as empresas farmacêuticas, para comprar doses de vacinas em nome dos Estados-Membros da UE. Porque uma coisa é certa; nós não estaremos seguros até que toda a gente, aqui na Europa ou no mundo esteja segura. É preciso uma solidariedade global.
Ursula von der Leyen
Presidente da Comissão Europeia

Os Estados Unidos ultrapassaram a marca de 6 milhões de casos de Covid-19, com mais de 1 milhão de novas infeções em menos de um mês.

Continua a ser, de longe, o país mais afetado pela pandemia, com quase um quarto das infeções mundiais e quase 200 mil (183.203) mortes por Covid-19.

Após um inquérito junto dos países, o Diretor-Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que existem "lacunas nos nossos sistemas de saúde" e que é necessária uma melhor preparação, para enfrentar situações de emergência como esta pandemia.