EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Taxistas testados à Covid-19 em Luanda

Teste a um taxista em Luanda
Teste a um taxista em Luanda Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O governo angolano está a levar a cabo um programa de despistagem da Covid-19 em Luanda.

PUBLICIDADE

Angola reforça as medidas de combate à pandemia de Covid-19. Leva a cabo um programa de despistagem dos condutores de táxi na capital Luanda. O governo anunciou que o objetivo é testar cerca de 30 mil profissionais do transporte de passageiros. No primeiro dia foram testados cerca de cinco mil taxistas.

"Pedimos ao Estado, sendo uma pessoa de bem, que abrisse a exceção aos taxistas, sendo que são os taxistas que transportam os famosos grupos de risco, então há uma atual necessidade dos taxistas serem testados para se conhecer o seu estado epidemiológico e exercerem a sua atividade com a maior segurança e tranquilidade", diz Rafael Inácio, presidente da Associação de Táxis de Luanda.

Com 2654 casos e 108 mortes ligadas é Covid-19 e de acordo com os dados apresentados pelo governo, Angola, é um dos países da áfrica subsaariana mais seguros do ponto de vista da pandemia. Angola encarregou a empresa chinesa BGI para instalar 5 laboratórios com capacidade para despistar seis mil pessoas por dia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Angola é modelo face à crise de Covid-19

PGR de Angola avisa que Isabel dos Santos tem de reconhecer ilícitos

Presidente de Angola enquadra Efacec na cooperação com Portugal