Máscara obrigatória para todos em Munique

Markus Soeder, governador da Baviera
Markus Soeder, governador da Baviera Direitos de autor Sven Hoppe/(c) Copyright 2020, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Sven Hoppe/(c) Copyright 2020, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cancelamento da Oktoberfest não travou subida da covid-19 até porque as festas alternativas multiplicam-se pela cidade

PUBLICIDADE

O cancelamento da Oktoberfest não impediu a taxa de infeção de covid-19 de continuar a subir em Munique, até porque as festas alternativas promovidas por várias cervejarias, têm garantido animação quanto baste para os bávaros. Para tentar combater o problema, as autoridades da Baviera implementaram o uso obrigatório de máscara de proteção ao ar livre nos locais mais movimentados da cidade.

As restrições não se ficam por aqui. Os ajuntamentos em locais públicos estão agora limitados a cinco pessoas e nenhum estabelecimento pode acolher mais de 25 pessoas simultaneamente no seu interior, 50 no exterior.

As novas medidas entram em vigor na próxima quinta-feira. Para se assegurar que todos cumprem com o estabelecido as autoridades sanitárias da Baviera serão reforçadas com cerca de uma centena de elementos das Forças Armadas alemãs.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder regional do partido de extrema-direita AfD é julgado por utilizar símbolos nazis

Polícia alemã deteve dois homens suspeitos de serem espiões russos

Centro de Colónia parcialmente evacuado devido a bomba da II Guerra Mundial