Última hora
This content is not available in your region

Boris Johnson fecha bares e restaurantes às 22 horas

euronews_icons_loading
Os bares e restaurantes reabriram em julho e agora veem o horário ser reduzido
Os bares e restaurantes reabriram em julho e agora veem o horário ser reduzido   -   Direitos de autor  AP Photo/Frank Augstein
Tamanho do texto Aa Aa

O ritmo acelerado de propagação do novo coronavírus no Reino Unido levou o primeiro-ministro Boris Johnson a impor novas restrições em Inglaterra, mas não vinculativas a Escócia, Gales e Irlanda do Norte.

A partir de quinta-feira, pubs, bares e restaurantes vão encerrar às 22h e só vão poder servir às mesas ou vender para fora.

O teletrabalho é recomendado "sempre que seja possível" e quem não cumprir as regras de distanciamento social arrisca-se agora a pagar uma multa de 200 libras (quase 220 euros).

"Estou profundamente relutante em fazer qualquer uma destas imposições ou infringir a liberdade de alguém. Mas, se não agirmos agora, corremos o risco de ter de tomar medidas mais duras mais tarde", explicou Boris Johnson.

O primeiro-ministro britânico lamentou "os danos" que as medidas anunciadas vão ter nos negócios que já tinham sido afetados pelo confinamento.

Esta terça-feira, o Reino Unido somou mais 4.926 infeções e ultrapassou por mais de 3.500 a fasquia dos 400 mil casos confirmados no país do novo coronavírus.

O quadro epidemiológico britânico foi também agravado com mais 37 mortes com teste positivo de Covid-19 nos últimos 28 dias. No total, o Reino Unido já sofreu 41.825 óbitos, tem mais de 1300 pacientes hospitalizados, incluindo 181 ligados a ventiladores.