Última hora
This content is not available in your region

Checos têm recorde de novas infeções de Covid-19 na Europa

euronews_icons_loading
Checos têm recorde de novas infeções de Covid-19 na Europa
Direitos de autor  AP Photo via CTK/Roman Vondrous
Tamanho do texto Aa Aa

Um corrupio de camiões em caravana, quase todos militares,alterou desde o início da semana o dia-a-dia de Praga. Transportam material para a montagem e equipamento de um hospital de campanha, um espaço que vai poder receber 500 pacientes de Covid-19.

A porta-voz do exército checo explica que está no terreno uma equipa especializada na montagem destes equipamentos. Diz Dagmar Dvorakova que este hospital de campanha em concreto foi usado pela última vez no Afeganistão, em 2017.

O governo checo enfrenta uma das mais violentas vagas da pandemia. Com uma população semelhante a Portugal, a taxa de contágio é o dobro da portuguesa. Em outubro tornou-se na mais elevada da europa. Os números de sexta-feira davam conta de 15 mil novos casos em 24 horas.

O primeiro-ministro já veio admitir ter cometido erros no verão. Agora apela à população para cumprir as regras entretanto impostas.

A presidente da Comissão Europeia agradeceu já o apoio da Áustria e Países Baixos que forneceu ventiladores à Chéquia, no âmbito do mecanismo europeu de proteção civil. No total, vão ser enviados 150 aparelhos.

O diretor do hospital universitário de Bulovka, um dos maiores de Praga, afirma que "quando a maioria dos hospitais da capital perderem a capacidade de receber novos pacientes, os doentes que estiverem estáveis vão ser transportado para esta estrutura provisória". Assume este hospital de campanha como "uma nova ala do Bulovka, para que as equipas possam voltar a tratar pacientes graves". Jan Kvacek revela que esta ala está também equipada com camas de cuidados intensivos e ventiladores, para poder acudir a situações agudas.

Atualmente, os hospitais checos já estão a cancelar cirurgias programadas, para poderem atender os casos mais graves de Covid-19. Acredita-se que em breve o sistema pode entrar em ruptura.