Última hora
This content is not available in your region

Morte do presidente da Samsung Electronics

euronews_icons_loading
Morte do presidente da Samsung Electronics
Direitos de autor  Schalk van Zuydam/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee morreu neste domingo aos 78 anos. Estava acamado desde que sofreu ataque cardíaco em 2014.

Herdou a presidência do grupo em 1987 - uma empresa fundada pelo pai, que rapidamente se transformou no maior conglomerado da Coreia do Sul, com uma vasta oferta de produtos electrónicos.

Lee Kun-hee foi condenado por corrupção em 1996 e depois por evasão fiscal em 2008, mas viu a pena suspensa e escapou à prisão. Converteu a Samsung no maior produtor de smartphones e microchips do mundo, com um faturamento que equivale a um quinto do PIB do país.