Última hora
This content is not available in your region

Bielorrússia ativa primeira central nuclear

euronews_icons_loading
Bielorrússia ativa primeira central nuclear
Direitos de autor  Aksana Manchuk/BelTa
Tamanho do texto Aa Aa

A primeira central nuclear da Bielorrússia entrou em atividade, apesar das críticas e receios dos países vizinhos junto ao Mar Báltico.

A companhia elétrica nacional Belenergo anunciou que as instalações, de construção russa, foram ligadas à rede do país e começaram a produzir eletricidade.

Ainda antes da reeleição contestada há vários meses nas ruas, o presidente Alexander Lukashenko tinha classificado a central como "um importante avanço para o futuro".

Mas a localização das instalações, a cerca de vinte quilómetros da fronteira com a Lituânia, membro da NATO e da União Europeia, foram alvo de contestação no passado e alimentam receios, nomeadamente em termos de segurança.

Em reação, a Lituânia interrompeu imediatamente as importações de energia elétrica bielorrussa e a Letónia também anunciou o bloqueio das importações de energia produzida na central.